2016 · Aconteceu · adultos · alma · RIP

David Bowie

Fui surpreendida na tarde da segunda, porque eu estava isolada da internet, de rádio, de tudo…

Não acho que perdemos David, mas isso é uma perspectiva de olhar.

Acho que aproveitamos seus vários anos de pura criatividade, um homem que mostrou que o rock pode ser diferente, que a pessoa pode ser diferente e não perder sua essência, ele não engessou nos parâmetros da sociedade, deu seu tempo pra nós, não foi egoísta, não ficou quieto, e agora foi… foi quieto.

Eu me contento em saber que ele teve todo tempo do mundo pra ser o melhor e até pra fazer as cagadinhas, que não impediu de sua mente continuar ativa. Ele poderia ter ido bem cedo como alguns foram, mas o tempo de cada um é individual e implacável.

Que bom que ele esteve conosco até agora!!!

Fomos surpresos a cada nova canção, a cada rabisco em uma folha branca, no seu rosto pintado, em suas invenções malucas para a época.

Nos surpreendeu com seu silêncio sobre sua doença, ele poderia ter levantado uma bandeira, ele poderia, ele poderia, ele poderia…

Mas não fez, silenciou-se e continuou trabalhando, pensei muito sobre isso.

O silencio de Bowie diante da exposição frenética da atualidade mundial.

Ele trabalhou, até o último suspiro trabalho, e surpreendeu com seu último álbum.

Ganhamos, e agradecemos pelo ganho que tivemos.

Descanse em paz, agora você aposentou-se, mas não em nossas mentes e lembranças.

 

img_605x340$2016_01_12_03_43_48_507097

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s