Designer Eliz

Ambiente branco com detalhes em preto.

A sutileza do preto é grande que o ambiente não fica pesado, isso porque o preto é pontual.

 

f08a478047970275dfb7ff6851ba6350

A temperatura que vai abaixar?

Já lavou seus lenços? Colocou eles no sol? De qualquer forma, olha uma foto pra visualizar todos e com pouco espaço: argolas, simples assim.

shower-ring-hanger

Uma ótima opção para espaços pequenos, tem sido carrinho auxiliar, tanto para cozinha, quanto para sala. A opção pode vir com rodízios pra você movimentar como e para onde quiser. Você pode picar, você pode decorar, você pode inventar.

metal-push-flower-cartdiy-pipes-bar-cartOutdoor-Serving-Cart

Este ambiente tem tudo que proporciona descanso, após uma turbulência (seja lá qual for a sua).

O aconchego do ambiente depende da boa mistura dos materais com cores, levando em conta a textura, nesta foto temos dois tipos de texturas.

A água faz aquele barulhinho bom, as pedras dão um charme e o colchonete é o convite pra sentar, deitar, ler, ouvir música, fazer um lanche… como você quiser.

A iluminação fica por conta da janela – natural – e para criar um pouco de elegância ali estão as gaiolas para iluminar em tom de amarelo.

 

7c5704bafa643f0699155389538c134e

Foto da Internet.

Esta semana duas pessoas me perguntaram sobre cimento queimado, e eu tive que copiar, porque minha especialidade é indicar o Cimento no ambiente.

Sobre o cimento, atualmente estão utilizando por vários fatores, um deles é o custo, outro é o aspecto liso que ele tem e proporciona amplitude no ambiente.

Despontou no Brasil o designer industrial e o cimento queimado tem sido uma das escolhas para esta linha de designer.

Cópia da Uol

 

O que é e como aplicar

O cimento queimado nada mais é do que um piso feito a partir de uma argamassa feita na obra com a mistura de cimento, areia e água. Essa argamassa deve ser aplicada com uma espessura média de 30 mm sobre o contrapiso ou sobre um lastro de concreto áspero. Caso a base esteja muito lisa, sugere-se que seja feito um chapisco para aumentar a aderência do cimento queimado. Após a aplicação da argamassa, devemos conseguir o máximo nivelamento do piso, preferencialmente com régua metálica.

Se pararmos o processo por aí, esse piso vira o famoso cimentado, que reveste boa parte das calçadas das nossas cidades. O ato de “queimar” o cimento é o que o distinguirá de um simples piso cimentado.

Queimar o cimento não tem nenhuma relação com fogo ou maçaricos. Este é o nome dado ao processo de jogar pó de cimento sobre o piso de argamassa de cimento e areia ainda mole e úmida; então, a superfície deve ser desempenada com uma desempenadeira de aço, espalhando o pó de cimento sobre a argamassa e deixando o conjunto bem liso. Após a secagem está pronto o cimento queimado, com um aspecto bem liso e nivelado.

Flexível

O cimento queimado pode ser utilizado em quase todos os ambientes de uma casa. Ele é um piso com alta resistência, pode ficar exposto ao tempo porque lida bem com a água, além de ser fácil executar os desníveis necessários para seu escoamento – contudo, por ser muito liso, pode ficar escorregadio, especialmente quando molhado.

O cimento queimado também não é adequado para os quartos, que podem ficar muito frios, em especial durante o inverno; o uso em banheiros, principalmente no interior dos boxes, não é recomendado porque o material pode reagir com xampus, sabonetes e outros produtos.

A limpeza é simples e basta lavar com água e sabão neutro. Em ambientes como salas de estar, fica bom aplicar cera líquida ou em pasta para a manutenção.

Durável

Desde que bem aplicado, este tipo de piso é extremamente durável, já que a sua limpeza e manutenção são muito simples. Por possuir grande resistência à abrasão, é muito difícil que este material quebre. Entretanto, uma das características mais comuns do cimento queimado são as trincas.

Este é um piso monolítico, ou seja, ao contrário de uma superfície composta por diversas peças cerâmicas independentes, funciona como uma peça única, de grande dimensão, feita de cimento. Como este piso vai se movimentar ao longo dos dias dilatando e contraindo, é comum o aparecimento de algumas trincas. Essas trincas podem variar de pequenas fissuras, que não incomodam e que fazem parte da natureza do material, até grandes trincas que podem comprometer a resistência e a durabilidade do piso. Para evitá-las é muito importante tomarmos alguns cuidados.

Aplicação especializada

Contar com aplicadores especializados é fundamental. Apesar de praticamente todos os pedreiros do país afirmarem que sabem trabalhar com esse tipo de piso e que efetivamente já fizeram um alguma vez na vida, o fato é que muito poucos realmente sabem executar um bom cimento queimado.

Antes de contratar um profissional, procure conhecer alguns pisos aplicados por ele, veja se ele se preocupou com o correto nivelamento. Observe se o piso apresenta trincas esteticamente admissíveis. Juntas de dilatação de plástico, madeira, pedra ou metal devem ser utilizadas a cada dois metros, pelo menos, para que elas e não o meio do piso trabalhem, evitando trincas. Na prática cada junta nada mais é do que uma trinca proposital criada pelo colocador para que o meio dos pisos fique intacto ou o mais perto disso.

Observe ainda a tonalidade do piso. Uma certa variação na coloração é esperada e proporciona o aspecto natural do sistema, mas deve-se evitar variações muito grandes de cor para o piso não parecer machado. O colocador ainda deve usar a mesma marca e lote de cimento dentro de um mesmo ambiente da casa para que a tonalidade se mantenha uniforme.

Por fim, aditivos podem ser misturados na argamassa de cimento e areia para que o piso adquira mais resistência e as trincas sejam evitadas.

Aspecto

O aspecto final de um piso monolítico, ou seja, de grandes panos sem rejuntes, é o que agrada muitas pessoas. Apenas leves linhas de dilatação, que podem ser inclusive da mesma cor do piso, dividem os panos, o que torna os ambientes visualmente maiores.

Além dos aditivos para aumentar a resistência, podemos também misturar elementos que dêem cor ao piso. Estes elementos normalmente são os corantes. O cimento queimado pode ser feito numa gama muito variada de cores, geralmente tendendo para os tons pastel, ou ainda pode se aproximar bastante da cor branca, se for executado com cimento branco e se o pó de mármore for aplicado na argamassa.

No mercado podemos encontrar materiais como o cimento polimérico, que apresenta um aspecto final muito próximo do cimento queimado e é mais resistente, o que evita as trincas, além de proporcionarem uma maior uniformidade na coloração. Vamos tratar desses materiais em futuros artigos, mas, por enquanto, ao se decidir pelo cimento queimado, procure um bom colocador, siga os passos acima e tenha um piso que jamais vai sair de moda!

Sempre em alta de alguma forma os azulejos estão presente em nossas casas.

Porém por ter rejunte, ele fica um pouco cansativo, ele pode ter aspecto antigo, enfim, vai de cada um gostar.

Aqui um passo a passo para você fazer a pintura deles em sua casa.

Lavar os azulejos com água e detergente neutro para remover gorduras e qualquer reísduo, lembrando de limpar o rejunte também.

Caso tenha falhas no azulejo por quebra, preencha com massa acrílica, e espere 24horas para secar. Se for no piso, não molhe, porque ele precisa secar completamente.

Compre um tinta própria para pintura em azulejo, se informe corretamente na loja, porque tem vários preços e variedades, e o vendedor vai te empurrar o mais caro.

Seu azulejo está pronto para ser pintado com rolo, só fique atenta aos rejuntes ok?

Tempo para secar e qualquer outro item, está contido na lata. Sugiro que leia.

Depois de pintar uma vez, pegue a lixa mais fina que tiver e dê uma lixadinha, depois remova com pano seco. Essa parte faz muito pó, então se prepare.

Após isso passe a tinta novamente, e vai analisando se precisa de mais pintura ou não. Deixe secar e pronto.

Só limpe bem ele de 3 em 3 meses ou 6 em 6 meses.

E depois disso tudo, você abusa em alguns itens para banheiro. Já que gosta de fazer você mesmo, olha estas ideias que podem deixar seu banheiro uma fofura.

 

Continuar lendo: http://casa.umcomo.com.br/articulo/como-pintar-azulejos-de-banheiro-11723.html#ixzz452wX3F8n

Tudo muito colorido, escolhendo uma paleta para trabalhar e a partir dela, a decoração foi feita com cores complementares.

O abuso das cores se deu por conta dos adornos. A vantagem é que quando enjoar, é só trocar os adornos.

IMG_3956

Um Sonho

Uma missão - Viajar pelo mundo em busca de novas culturas, novos coloridos, novos sons.

Curta no Facebook

Follow Designer Eliz on WordPress.com

Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

Junte-se a 856 outros seguidores

Antigos

Principais posts & páginas

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 856 outros seguidores